Suplementos Alimentares

1. Vitamina A - é formada por um grupo de compostos. Os famosos carotenoides, que são substâncias presentes nas plantas, podem ser convertidos pelo corpo em vitamina A. O mais conhecido deles é o betacaroteno ou pró-vitamina A (sim, aquele responsável pelo bronzeado dourado no verão!). O retinol, o retinal e o ácido retinoico (encontrados na composição de cremes anti-idade) também fazem parte do grupo de substâncias que compõem a vitamina A. Essa vitamina tem inúmeras funções, tanto no organismo, como em formulações cosméticas.

Funções no organismo:

  • Crescimento e desenvolvimento - por isso é comum que o medico indique para recém-nascidos, dependendo da condição de saúde do mesmo. (NUNCA MEDIQUE UM RECÉM-NASCIDO SEM ANTES CONVERSAR COM O PEDIATRA QUE O ACOMPANHA)

  • Formação e manutenção de - dentes, ossos, tecidos moles (que incluem os vasos, nervos, músculos, tendões, revestimento das articulações), membranas mucosas e pele.

  • Sistema imunológico - para a manutenção do mesmo.

  • Visão saudável - o betacaroteno, também conhecido como pró-vitamina A (presente na cenoura, por exemplo), é a substância responsável por isso, especialmente em situações de pouca luminosidade. (Minha avó sempre disse que cenoura é boa para as "vistas").

Benefícios do Betacaroteno (Pró-Vitamina A):

  • Atua como antioxidante, podendo reverter doenças pré-cancerosas, principalmente localizadas na pele, mucosas, pulmões, boca, garganta, estômago, cólon, próstata, colo uterino e útero.

  • Retarda o envelhecimento das células.

  • Inibe o crescimento de células anormais.

  • Fortalece o sistema imunológico.

  • Tonifica as membranas celulares.

  • Reduz risco de infarto e AVC.

Funções em formulações cosméticas:

  • Regeneração da pele - pois auxilia no crescimento e desenvolvimento de diversos tipos de células. Encontrada, por exemplo, na pomada para assadura Hipoglós, que protege e restaura a pele do bebê.

  • Antienvelhecimento - por ter ação antioxidante, ou seja, combate radicais livres. Encontrada na forma de retinol em formulações anti-idade, como os produto: Retinol 0.3 da Skinceuticals.

Fonte Animal: 

 

- Fígado, gema do ovo e óleo de peixes (óleo de fígado de bacalhau, como a querida Emulsão Scott), leite integral e seus derivados (manteiga e queijo).

- O leite materno é rico em vitamina A, portanto o desmame precoce pode levar à carência dessa vitamina.

Outras Fontes:

 

- Cenoura, brócoli, abóbora, batata-doce, espinafre, acelga, chicória, couve, cajá, caju maduro, goiaba vermelha, laranja, maga, mamão, etc. No geral, alimentos que tenham cor amarela e alaranjada e vegetais verde-escuro são ricos em vitamina A.

FALTA de vitamina A:

  • Hiperqueratose - espessamento da camada mais externa da pele. A pele fica ressecada e áspera, e cria "casquinhas", podendo rachar e até sangrar. As áreas mais comuns acometidas são os pés e mãos, mas pode acometer outras partes do corpo também.

  • Xeroftalmia - é uma condição oftalmológica que inicia com a má adaptação da visão noturna (Cegueira Noturna), evoluindo para uma secura severa e até perfuração da córnea e cegueira.

EXCESSO de vitamina A:

  • Irritabilidade

  • Perda de apetite

  • Pele seca com prurido (coceira)

  • Queda de cabelo - como assim???? vitamina A é boa para a pele, cabelos e unhas, porém seu excesso será prejudicial a essas estruturas. Por isso que aquele medicamento à base de isotretinoína (que é indicado para tratamento de acne severa), causa tanto ressecamento na pele e mucosas. A isotretinoína é uma substância derivada da vitamina A.

  • Lábios secos e gretados (rachados)

  • Ossos edemaciados

  • Fraqueza geral

  • Teratogenia - causa mal-formação fetal, portanto é extremamente contraindicado durante a gravidez.

Por esse motivo, os suplementos de vitamina A isolados só devem ser consumidos se forem indicados por um médico. Os suplementos vitamínicos do tipo "de A a Zinco", como é o caso do Centrum, Lavitan e outros, contém vitamina A em quantidades pequenas e que não serão prejudiciais ao organismo, desde que respeitada a dose diária indicada pelo fabricante. Pois esses suplementos são indicados para situações em que a pessoa não estão conseguindo seguir uma alimentação balanceada, portanto está propensa a ter uma carência geral de vitaminas no organismo.

2. Vitaminas do Complexo B conjunto de vitaminas hidrossolúveis extremamente importantes para várias funções metabólicas do nosso organismo. Elas ajudam o organismo a produzir glóbulos vermelhos, prevenir anemia, regular a produção de energia, manter a saúde do sistema nervoso, da pele, do cabelo e do intestino e fortalecer o sistema imunológico. Como não são produzidas pelo corpo, elas também são classificadas com nutrientes essenciais, que precisam ser repostos todos os dias através da alimentação.

2.1. Tiamina (B1) (1,4mg) - auxilia no metabolismo de açúcares, gorduras e proteínas. É muito importante nas funções cerebrais e sua carência leva a doenças do sistema nervoso. Mesmo sendo encontrada em muitos alimentos, a Tiamina ainda é uma das vitaminas cujas pessoas apresentam mais carência, devido ao fato de ser facilmente destruída durante o processamento de alimentos durante a digestão.

* Benefícios:

- Ajuda o organismo a preservar e melhorar a saúde do fígado, dos olhos, da pele e dos cabelos.

- Aliada poderosa do cérebro, ajuda a melhorar a memória.

- Fortalece a capacidade de raciocínio e concentração.

- Evita a morte de células nervosas, ajudando na prevenção do Mal de Alzheimer.

- Ajuda a regular as funções do coração, através da produção de acetilcolina (neurotransmissor que garante e protege a comunicação entre o coração e o sistema nervoso).

- Auxilia na digestão, pois estimula a secreção de ácido pelo estômago.

- Atua indiretamente no ganho de massa muscular, pois aumenta a oxigenação nos músculos e, assim como acontece como músculo cardíaco, ela contribui para a proteger a comunicação entre os músculos e o sistema nervoso, através da produção de acetilcolina o que ajuda, também, no rendimento muscular.

- Ação repelente natural de mosquitos, por liberar compostos sulfúricos através do suor.

 

* Fontes animais:

- Carnes magras, porco, cordeiro, vaca, víceras (fígado, coração e rins), peixes (sardinha, atum), frutos do mar (lagosta, ostras), gema de ovo e aves 

* Outras Fontes:

- Levedura de cerveja (principal fonte),  cereais, gérmen de trigo, legumes secos, salsichas, sementes de gergelim e girassol, ervas aromáticas, pistache, pinhão, nozes, pão integral, alho, massas, feijões secos, feijões brancos.

* Problemas por FALTA  de Tiamina (B1):

- Sintomas - Falta de apetite, obstipação, fraqueza muscular nas pernas, depressão e falha de memória.

- Beribéri - doença caractarizada por debilidade muscular, que pode evoluir para um comprometimento do músculo do coração, podendo levar à morte.

- Síndrome de Wernicke-Korsakoff - é uma forma de amnésia que combina um estado de confusão mental aguda e um tipo de amnésia de longo prazo. Essa síndrome pode se desenvolver em alcoólatras e pessoas mal nutridas ou que vomitam cronicamente, como no caso de portadores de Bulimia Nervosa.

* Excesso de Vitamina B1:

- O excesso dessa vitamina dificilmente causa problemas ao organismo, já que é eliminado pela urina. Encontramos registros de reações alérgicas leves em nossa pesquisa.

2.2. Riboflavina(B2) (1,2mg)

* Funções: também participa em muitas reações metabólicas dos carboidratos, gorduras e proteínas e na produção de energia através da cadeia respiratória. São essenciais para a conversão de vitamina B6 em ácido fólico.

* Problemas por FALTA  de Riboflavina (B2): a deficiência de riboflavina dificilmente ocorre de forma isolada, geralmente está associada à deficiência de outras vitaminas hidrossolúveis.

Sintomas: ansiedade, enxaquecas, causar queda de cabelo, lesões de pele, lábios e região genital por ressecamento, fadiga, dor de garganta.

* Grupos de Risco para deficiência:

Portadores de doenças crônicas debilitantes como febre reumática, tuberculose, endocardite bacteriana subaguda.

- Diabetes

- Hipertiroidismo

- Cirrose

- Idosos

- Mulheres que tomam anticoncepcionais orais

- Crianças com doenças cardíacas crônicas

* Problemas por EXCESSO de Riboflavina (B2): devido a capacidade limitada do trato gastrintestinal em absorver essa vitamina, qualquer risco significativo torna-se pouco provável.

Sintomas: diarreia, aumento da quantidade de urina, formigamento.

* Utilização Terapêutica:

- Pacientes que sofrem de acloridria (pouca ou nenhuma produção de ácido pelo estômago), vômitos, diarreia, doenças hepáticas.

- Casos de desnutrição.

* Fonte Animal:

- ovos, carne de cordeiro, fígado, leite integral.

* Outras Fontes:

- Amêndoas, espinafre, cogumelos.

2.3. Niacina(B3) (1,2mg) - também conhecida como ácido nicotínico ou vitamina PP. 

Funções no organismo:

Além de desempenhar um papel muito importante no metabolismo de carboidratos (proteínas e gorduras, como as demais vitaminas do complexo B), a niacina é indispensável para a produção de hormônios sexuais (estrôgeno, progesterona e testosterona), hormônios relacionados ao estresse, bem como para a produção de cortisol, tiroxina e insulina.

Benefícios:

- Manutenção da produção de energia.

- Auxilia na remoção de substâncias químicas tóxicas do nosso corpo.

- Contribui para o bom funcionamento dos sistemas cardiovascular e nervoso.

- Controle do estresse.

- Auxilia na boa digestão.

- Redução do cansaço e fadiga.

Fonte Animal: 

 

- Peixe, frango, perú e carne de vaca.

Outras Fontes:

- Cereais (farelo de arroz, farelo de trigo ou gérmen de trigo)

- Cogumelos

- Sementes oleaginosas (amendoim, gergelim)

- Frutas (Abacate, nectarina, pêssego e goiaba)

- Vegetais (batata-doce e abóbora)

FALTA de vitamina B3:

- Alterações digestivas - vômitos, diarreia ou prisão de ventre, baixa produção de ácido pelo estômago (o que leva à má digestão), língua inchada.

- Distúrbios neurológicos - confusão mental e desorientação, podendo gerar psicose, delírio, depressão, tremores, dor de cabeça e perda de memória.

- Demência Profunda.

- Alterações na pele - inflamações e erupções, descamação, pigmentação escurecida nas pernas e braços, pele craquelada, dermatite.

- Pelagra - lesões eritematosas simetricamente distribuídas na superfície exposta do corpo, tumefações vermelhas da língua e mucosa oral.

EXCESSO de vitamina B3:

- Vermelhidão na pele.

- Prurido.

- Sintomas gastrintestinais (náusea e vômito).

- Lesão de células do fígado.

ATENÇÃO: TOMAR SUPLEMENTOS DE NIACINA PODE TRAZER RISCOS PARA A SUA SAÚDE. MESMO SENDO UMA VITAMINA HIDROSSOLÚVEL. SAIBA MAIS NA PÁGINA DE "SUPLEMENTOS ALIMENTARES".

- Pessoas com problemas renais, hepáticos, úlceras do estômago e gota não devem tomar suplementos de Niacina (Vitamina B3).

- Portadores de diabetes, problemas com a vesícula biliar, doença coronária ou angina SOMENTE devem tomar suplemento de Niacina sob supervisão médica.

- Pessoas que façam uso de medicamentos à base de anti-hipertensivos (medicamentos para controlar a pressão alta), anticoagulantes, anticonvulsivantes (Carbamazepina e Primidona) e estatinas também SOMENTE devem tomar suplemento de Niacina sob supervisão médica, pois os altos níveis podem interferir na ação desses medicamentos.

- Pessoas com cirurgia agendada devem parar de tomar o suplemento de Niacina duas semanas antes.

- O suplemento de Niacina não deve ser tomado

2.4. Ácido Pantotênico(B5) (1,2mg)

Funções no organismo:

Funções em formulações cosméticas:

Fonte Animal: 

Outras Fontes:

FALTA de vitamina A:

A deficiência de ácido pantotênico pode causar mal-estar fadiga cefaleia náusea distúrbio do sono e cólicas abdominais

EXCESSO de vitamina A:

2.5. Vitamina B6 (1,2mg)

Funções no organismo:

Funções em formulações cosméticas:

Fonte Animal: 

Outras Fontes:

FALTA de vitamina A:

A deficiência de piridoxina provoca dermatite seborreia e descamativa dos olhos e boca

EXCESSO de vitamina A:

2.6. Biotina(B7) (1,2mg)

Funções no organismo:

Funções em formulações cosméticas:

Fonte Animal: 

Outras Fontes:

FALTA de vitamina A:

A deficiência de biotina pode causar dermatite branda dores musculares anorexia visto que as bactérias intestinais podem sintetizara biotina bem como outras vitaminas do complexo b a deficiência de biotina só se verifica quando o indivíduo ingere quantidade excessiva de clara de ovo crua pois essa contém a vigina proteína básica que se liga avidamente a biotina formando complexos inabsorvíveis e que é excretado pelas fezes

EXCESSO de vitamina A:

2.7. Ácido Fólico(B9) (1,2mg)

Funções no organismo:

Funções em formulações cosméticas:

Fonte Animal: 

Outras Fontes:

FALTA de vitamina A:

EXCESSO de vitamina A:

2.8. Vitamina  B12 (1,2mg)

Funções no organismo:

Funções em formulações cosméticas:

Fonte Animal: 

Outras Fontes:

FALTA de vitamina A:

EXCESSO de vitamina A:

3. Vitamina C -

Funções no organismo:

Funções em formulações cosméticas:

Fonte Animal: 

Outras Fontes:

FALTA de vitamina A:

A deficiência de ácido ascórbico pode provocar escorbuto sangramento das gengivas e perda de dentes fragilidade capilar com consequente hemorragia cutânea.

EXCESSO de vitamina A:

4. Vitamina D -

Funções no organismo:

Funções em formulações cosméticas:

Fonte Animal: 

Outras Fontes:

FALTA de vitamina A:

EXCESSO de vitamina A:

5. Vitamina E -

Funções no organismo:

Funções em formulações cosméticas:

Fonte Animal: 

Outras Fontes:

FALTA de vitamina A:

EXCESSO de vitamina A:

6. Vitamina F -

6. Vitamina K -

Funções no organismo:

Funções em formulações cosméticas:

Fonte Animal: 

Outras Fontes:

FALTA de vitamina A:

EXCESSO de vitamina A:


Clique no botão abaixo e nos envie suas dúvidas ou sugestões e nos ajude a enriquecer o conteúdo do site.

  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Instagram